sexta-feira, 19 de abril de 2013

Less is more




Muito se tem pronunciado esta frase, mas a verdade é que estas simples palavras fazem cada vez mais sentido, e a máxima é muito útil quando aplicada à nossa vida.

Não querendo levar a coisa ao extremo, tenho que admitir que uma vida minimalista nos pode trazer muitos benefícios. Em tudo!
Menos tralha, menos desorganização, menos gente que nos faz perder tempo, menos roupa, menos muita coisa que não nos serve senão para nos confundir.

No fundo é arranjar espaço ou tempo para o que realmente importa.




Todas já passamos por aquela situação em que abrimos a porta do roupeiro e quase nos cai tudo em cima. E só temos vontade de o fechar e ir à loja mais próxima comprar algo para vestir.
Já repararam o quanto perdemos aqui? Tempo, boa disposição e por vezes dinheiro em mais roupa que só vai agravar a situação.
Muitas vezes a vontade de comprar tem a ver com a organização da loja que nos atrai por ser tão fácil fazer conjuntos ou simplesmente encontrar o que queremos.
E que tal transformar o nosso closet num espaço assim? Imaginem tudo organizado por tipo ou cores, uma coisa em cada cabide, onde podem ver tudo o que têm.

Agora, das duas, uma, ou temos um guarda roupa do tamanho de uma loja ou temos que ter menos roupa!

Aqui, é bom lembrar a importância dos básicos (aquelas peças simples!!), que até ocupam pouco espaço e dão para mil e uma combinações.




Mas não é só no closet que podemos simplificar, no trabalho por exemplo também há muito que podemos fazer. Se há coisa que me aflige, é ver aquelas secretárias com 2 metros de papel empilhado. Suponho que não dê a mínima vontade de trabalhar e até me faz compreender o humor das senhoras de certos serviços públicos...
Aqui deixo uma sugestão que li num livro e que acho útil: dividam as coisas em 3 partes. O que já pode ser guardado ou deitado fora ( quem não tem convites, panfletos, etc de coisas cujo prazo já passou?), o que estão a usar neste momento (mesmo que sejam diversas coisas) e o que ainda não sabem bem.
Quanto ao primeiro ponto é fácil, ou vai para uma pasta, ou para o lixo.
O segundo deve ser resolvido, ás vezes resolver significa passar à pessoa certa. Muitas vezes ficamos com coisas nas nossas mãos, porque temos "medo" ou vergonha ou por favor, de dizer que não e nem somos as pessoas indicadas para resolver. Seja esse o caso ou não, o que interessa é que nesse "montinho" só podem estar as coisas que vamos a curto prazo resolver.
Quanto ao terceiro ponto, aquelas coisas que ainda estão no prazo mas ainda não sabemos o que lhe fazer, juntem por data e dêem um prazo para as resolver. Ao fim desse tempo têm que se enquadrar numa das outras situações.

E acreditem, uma secretária organizada é metade do trabalho feito, conseguimos maior produtividade e mais tempo para nós.





Em casa a história repete-se. Porque é que em vez de comprarmos mais um armário para atafulhar tanta coisa, não damos/vendemos o que não nos serve para nada? Menos lixo, menos coisas para limpar, menos coisas para arrumar, mais tempo para fazermos o que gostamos!






Na alimentação também podemos simplificar. Menos comida cheia de substancias que só nos trazem doenças e excesso de peso, por exemplo. Quanto mais simples, mais natural e até mais barato, mais benefícios nos traz.
Comer frutas ou saladas ( e há saladas muito completas e boas!) é muito mais simples do que elaborar grandes cozinhados, que além do que foi dito, ainda nos trazem um monte de tachos e panelas para lavar (mais alegria e mais tempo)







E por aqui fora... Cada vez mais tento simplificar a minha vida. Nem sempre é fácil, nem sempre consigo, mas a cada dia que passa com pequenos gestos, conseguem-se grandes resultados.


E com isto acho que escrevi o maior post deste blog, não simplifiquei muito, mas ás vezes para simplificar temos que perder tempo a organizar. Nem que sejam as ideias.

13 comentários:

  1. very cute post

    http://newlifewithfashion.blogspot.com/2013/04/448-spring.html

    ResponderEliminar
  2. Adorei, Maria! Sem dúvida alguma, less is more:) Amei as imagens que vc selecionou, que fofo esse look da Miranda;)
    Beijos e bom dia!

    ResponderEliminar
  3. Maria, ainda que este seja o maior post que escreveste, ainda bem que o fizeste.
    Sou 100% apologista da simplificação. Acho, como tu, que less is more.
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Eu sou mesmo adepta dessa frase! Detesto desorganização e casas cheias de tralhas, até fico nervosa nesse tipo de ambientes :)
    Bj S

    ResponderEliminar
  5. Concordo plenamente! Não é fácil simplificar ou pelo menos manter as coisas simples, há até quem não saiba apreciar a simplicidade das coisas. Há uma frase do Leonardo Da Vinci que gosto muito, "Simplicity is the ultimate form of sophistication".
    beijinho linda*

    J's Beauty Bubble
    J's Beauty Bubble Facebook Page

    ResponderEliminar
  6. Não podia concordar mais contigo! Sou adepta da simplicidade e organização! :)

    http://my-little-red-dress.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Oi Maria,
    Não sou nada organizada, mas pelo menos me desapego com facilidade do que não estou usando. As pessoas que trabalham comigo adoram meus desapegos.
    Tenha um ótimo fim de semana!
    Bjs

    GOSTO DISTO!

    ResponderEliminar
  8. Concordo em tudo o que diz porque a organização é fundamental nos dias que correm e a simplicidade :)

    Bjs, Marlene

    http://marlenevieirasolamenteyo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Que post ótimo, adorei!
    www.espacegirl.com

    ResponderEliminar
  10. Adorei ler esse post, especialmente num blog sobre moda! Gostei da sua reflexão sobre tudo, especialmente referente ao nosso armário, que acho que é o lugar onde complicamos mais (leia-se compramos mais).
    Tenha um ótimo fim de semana!
    Rosa
    Le Paquet

    ResponderEliminar